Artista circense Talita Costa


Mais três projetos financiados pelo Fundo Municipal de Cultura (FMC) serão lançados para o público petropolitano neste fim de semana. Dois são de dança e o outro uma contação de história em forma de teatro. As apresentações foram garantidos pelo governo interino, que homologou neste ano o resultado do edital do FMC de 2020, empenhando o valor total de R$ 220.400,00. Ao todo, 84 projetos serão agraciados pela verba do FMC.


Cia Corpoiesis


Misturando as linguagens da dança e do documentário, a Cia Corpoiesis, companhia de dança contemporânea sediada em Petrópolis, apresenta sua obra audiovisual no espetáculo “À Flor da Pele”. Com estreia prevista para o domingo (06/06) no YouTube do grupo, o projeto utiliza depoimentos atuais dos integrantes da Cia, registros e cenas antigas de ensaios e apresentações gravadas no período de criação e estreia do espetáculo, cenas comentadas pelos integrantes, além de cenas atuais de dança e performances adaptadas do espetáculo para a linguagem do audiovisual. O link também estará disponível no Instagram: @corpoiesis


Também no próximo domingo, a artista circense Talita Costa apresenta um projeto que consiste na apresentação de uma coreografia de curta duração para iniciantes usando um bambolê. O projeto vai ao ar no Youtube Talita Bambolista. "Apesar de todas as dificuldades encontradas pelos agentes e profissionais da cultura para se reinventar durante a pandemia, a cena petropolitana se encheu de coragem, criatividade e talento para realizar belíssimos projetos. Acompanhar os lançamentos é ter a chance de aplaudir, ainda que virtualmente, toda essa prova de qualidade. Parabenizamos e agradecemos a todos os proponentes", pontua Catarina Maul, gerente do Centro de Cultura.


Contos da Casa da Árvore


Os contos da Casa da Árvore: "O ensopado da Bruxa Nair" e "A festa do boi" também serão realizados neste fim de semana. A atriz Luisa Alves se desdobra em vários personagens, usando-se de adereços, figurinos e bonecos. Utiliza-se ainda de músicas, efeitos sonoros, efeitos especiais, mesclando a linguagem da Contação de Histórias, do Teatro e do Audiovisual. As histórias começam na Casa da Árvore, mas se estendem a vários outros cenários, construindo uma atmosfera onírica, onde toda transformação é possível. No sábado, às 17h, e no domingo, às 11h, os vídeos estarão disponíveis no Youtube Teatro Circense Andança.




Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem