Grupo começa a ser vacinado nesta sexta-feira (1º/10)

A dose de reforço é indicada para os idosos que concluíram o esquema vacinal

há mais de seis meses

 

Petrópolis vai abrir nesta quinta-feira (30/09) o cadastro para doses de reforço da vacina contra a covid-19 em idosos a partir dos 70 anos. O novo grupo começa a receber a vacina na sexta-feira (1º/10). Vale lembrar que, para tomar a dose de reforço, é preciso que o idoso tenha completado o esquema vacinal há no mínimo seis meses. O cadastramento, segundo informações da Secretaria de Saúde, será necessário em função do grande número de idosos na faixa etária de 70 a 79 anos que estão perto de completar seis meses após a segunda dose – dados da Prefeitura mostram que 20 mil pessoas estarão aptas a receberem a dose de reforço apenas no mês de outubro. O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

 

“Temos hoje 93% da população adulta que recebeu pelo menos uma dose da vacina. Mais da metade desta população maior de 18 anos - 55,87% - já está com o esquema de vacinação concluído, com as duas doses ou a dose única da vacina. A Secretaria de Saúde hoje trabalha em frentes importantes de imunização contra a covid-19: a vacinação de adolescentes, a aplicação de segunda dose e o reforço na imunização de idosos que concluíram o esquema de vacinação há mais de seis meses. De forma responsável e organizada, estamos avançando dia a dia em direção à meta de termos toda população apta a receber a vacina imunizada”, destaca o prefeito Hingo Hammes.

 

A aplicação do reforço para idosos com mais de 70 anos é uma orientação do Ministério da Saúde e em Petrópolis está sendo feita de forma escalonada desde o início do mês. Atualmente a Secretaria de Saúde está aplicando a dose de reforço em idosos com mais de 80 anos e em idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência.

 

“Desde o início do mês, 1.210 idosos já receberam a dose de reforço. É muito importante que os idosos compareçam. A orientação é para que os idosos ou os responsáveis por aqueles idosos que têm algum tipo de dificuldade verifiquem a data da segunda dose e observem se o prazo de seis meses já passou, pois a dose de reforço deve ser aplicada após este prazo. É fundamental que o cartão de vacinação seja apresentado para que a equipe possa verificar o tipo de vacina que ele já recebeu e confira o prazo”, destaca o secretário de Saúde, Aloisio Barbosa da Silva Filho. 

 

A aplicação do reforço do imunizante segue as orientações do Ministério da Saúde, que enviou Nota Técnica aos municípios no mês passado estabelecendo as diretrizes para a aplicação, que deve ser feita em pessoas com mais de 70 anos.

 

A dose de reforço em idosos com mais de 70 anos  começou a ser aplicada no dia 1º de setembro em pessoas que vivem em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs).  “A vacina continua sendo o instrumento mais eficaz para nos proteger da covid-19, evitando que os casos se agravem. A vacina salva vidas!”, afirma Aloisio Barbosa.

 

 

 

Ministério da Saúde orienta dose de reforço a partir dos 60 anos

 

Em Nota Técnica emitida no dia 28 e encaminhada aos municípios, o Ministério da Saúde orienta a aplicação da dose de reforço do imunizante contra a covid-19 para pessoas a partir dos 60 anos. Até então, o reforço era destinado a idosos com mais de 70 anos e trabalhadores da área de Saúde, com intervalo de seis meses, além de pacientes imunossuprimidos (aqueles com imunidade baixa), cujo prazo para a aplicação do reforço é menor: 28 dias. 

 

“Desde o início da campanha de imunização contra a covid-19, a Divisão de Imunização vem fazendo o planejamento para que todos sejam vacinados o mais breve possível, conforme o recebimento de doses. A mesma estratégia está sendo adotada agora em relação a aplicação da dose de reforço: alcançaremos todos os grupos estabelecidos pelos Ministério da Saúde, de acordo com o recebimento das vacinas. No grupo de idosos, neste momento, estamos na faixa etária a partir dos 70 anos”, explica o secretário de Saúde Aloisio Barbosa da Silva Filho.

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem