Imagem ilustrativa / Foto: PMP



Questionário tem objetivo de conhecer o perfil dos motociclistas de Petrópolis

 

A Prefeitura de Petrópolis está convocando os motociclistas da cidade para que respondam a um questionário. O objetivo da pesquisa é ouvir e conhecer o perfil de motociclistas em Petrópolis, para realização de ações para reduzir o índice de acidentes de trânsito envolvendo estes condutores na cidade. Ela está disponível no site da prefeitura e através do link. O questionário pode ser respondido em menos de 5 minutos.

 

“Precisamos ouvir as demandas desta categoria e entender a realidade deles. Os motoboys e entregadores tiveram um papel fundamental durante a pandemia. Vamos construir ações para a redução dos acidentes de trânsito, visando a prevenção, promoção e manutenção da saúde de todos eles”, declarou o presidente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), Luciano Moreira, lembrando que a pesquisa pode ser respondida tanto por quem trabalha com moto quanto por quem a utiliza como meio de transporte particular.

 

De 2016 a 2020, o Sistema de Informação de Agravos (SIAVE) da Vigilância Epidemiológica de Petrópolis, constatou que 63,52% de todas as notificações corresponderam a acidentes com motocicletas, dentre todos os tipos de acidentes envolvendo automóveis, ciclistas, pedestres, ônibus, caminhões, entre outros. Pessoas com idade entre 15 a 49 anos representam o maior número de acidentados. Com relação a óbitos por tipo de acidentes de trânsito registrados no Sistema de Mortalidade (SIM), 48,65% das mortes aconteceram com condutores de motos. A faixa etária com maior incidência foi de pessoas de 15 a 39 anos.

 

O questionário é realizado pela Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica do Departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde e conta com a parceria da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans). Na Semana do Trânsito, comemorada entre os dias 18 e 25 de setembro, também serão distribuídos materiais informativos nas ruas, para captação dos condutores de motocicletas para a realização da pesquisa. Também podem participar do levantamento motociclistas que moram em outras cidades, mas trabalham em Petrópolis.

 

"Os acidentes que envolvem motocicletas são os que acabam gerando mais vítimas fatais. Ao longo do ano, promovemos ações de conscientização, especialmente no dia 27 de julho, quando foi comemorado o dia do motociclista. Essas ações ajudam a diminuir os índices de acidentes. É importante esse levantamento feito pela Secretaria de Saúde, porque ajuda a mapear o perfil dos nossos motociclistas", destaca Luciano Moreira.

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem