Importante lembrar que o reforço deve ser aplicado a partir de 180 dias (seis meses) após o dia em que o esquema de vacinação foi concluído, o que ocorre com a aplicação da segunda dose ou dose única da vacina. 


Seguindo a orientação do Ministério da Saúde, a prefeitura abre nesta quarta-feira (06.10) o cadastro para a aplicação das doses de reforço da vacina contra a covid-19 em pessoas com mais de 60 anos. Importante lembrar que o reforço deve ser aplicado a partir de 180 dias (seis meses) após o dia em que o esquema de vacinação foi concluído, o que ocorre com a aplicação da segunda dose ou dose única da vacina.  Para receber o reforço é importante o preenchimento do cadastro no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br)

 

“O agendamento para a aplicação da dose de reforço é fundamental para que a Secretaria de Saúde faça o planejamento e organize a distribuição das doses e para que a vacinação continue acontecendo de forma organizada também para este grupo, com todas as pessoas agendadas encontrando a vacina no posto que escolheram”, destaca o prefeito Hingo Hammes, lembrando que, neste momento, a vacinação acontece em diferentes frentes: com agendamento nos postos, busca ativa feita por equipes de Saúde em comunidades e vacinação de idosos acamados.   ,

 

Até o momento 2.385 pessoas receberam a dose de reforço na cidade. Destas, 1.677 são idosos com mais de 70 anos, entre os quais idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência.  Também estão recebendo a dose de reforço pacientes imunossuprimidos (que têm imunidade baixa) e trabalhadores da Saúde acima de 18 anos.

 

 “É importante destacarmos em relação à dose de reforço que as pessoas devem estar atentas ao intervalo necessário para receber a vacina. No caso dos idosos e profissionais de Saúde o reforço deve ser aplicado somente seis meses (180 dias) após a data em que a pessoa recebeu a segunda dose ou a dose única da vacina”, explica o secretário de Saúde Aloisio Barbosa da Silva Filho, lembrando que no caso dos pacientes imunossuprimidos, o prazo é menor: eles  podem receber a dose de reforço 28 dias depois de concluírem o esquema de vacinação.

 

“É importante que antes de fazer o cadastro as pessoas consultem o cartão de vacinação,  verifiquem o dia em que receberam a segunda dose e a partir desta data façam a conta para ver se já cumpriram o prazo para receber o reforço: 180 dias (seis meses) para idosos e profissionais de Saúde e  28 dias para imunossuprimidos”, frisa o secretário de Saúde Aloisio Barbosa.

 

Além da aplicação da dose de reforço destinada a idosos com mais de 60 anos, trabalhadores da Saúde e imunossuprimidos, a Secretaria de Saúde segue vacinando adolescentes na faixa etária entre 12 e 17 anos e a população maior de 18 anos. Até segunda-feira (04/10) o município tinha 226.461 adultos vacinados com a primeira dose ou dose única do imunizante, o que corresponde a 93,55% da população adulta. O município também vacinou 12.398 adolescentes com idade entre 12 e 17 anos. Dados da Divisão de Imunização apontam ainda que 142.305 pessoas concluíram o esquema de vacinação, recebendo a segunda dose ou dose única do imunizante, o que corresponde a 58,79% da população maior de 18 anos.

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem