Festival do Leitor começa no sábado (11)
  

Petrópolis será a primeira cidade do Estado do Rio de Janeiro a receber o Circuito LER PARA VA-LER, organizado pela equipe da LER – O Festival do Leitor. De 13 a 20 de novembro, no Parque Municipal, em Itaipava, serão realizadas oficinas, este debates, saraus, contações de histórias, teatro e atividades multiculturais. Encontros entre renomados autores e profissionais de diversas áreas também fazem parte da programação. O evento tem como objetivo fomentar a cultura e a literatura, especialmente, entre as crianças e adolescentes.

 

No primeiro dia, acontece um encontro com a escritora Marília Pirillo, além da narração de Histórias Indígenas, com Lucia Morais Tucuju. Também serão realizadas oficinas de passinho, com Passinho Petrópolis, e outra intitulado "Descobrindo que a vida não é só redes sociais", com biblioteca Comunitária Atelier das Palavras.  Segundo os organizadores, o circuito oferece ao público uma programação multicultural reunindo autores e artistas em torno da paixão transformadora da literatura.

 

“O Circuito LER PARA VA-LER é  grandioso, com ênfase na questão da cultura, da leitura, dos livros e contato com autores. É um evento de extrema importância para nossa rede de ensino nesse momento pós-pandemia, quando os alunos retornam as aulas presenciais. Essa parceria que se inicia é importante não só para os professores e alunos, mas também para a Educação do Estado do Rio de Janeiro”, diz Alexandre Valle, Secretário de Educação Estado do Rio de Janeiro.

 



“É a literatura contribuindo para uma rede de ensino mais integrada, levando para o interior uma programação que normalmente é privilegiada nas capitais. Acreditamos que a LER, seus autores e conteúdo, expressões culturais e artísticas contribuirão para o retorno dos alunos às escolas. Vamos usar o poder da leitura e da escrita para transformar a vida, a comunidade e a sociedade”, explica Jerônimo Vargas, diretor da LER.

 

A LER busca transformar cada local em que passa em uma “Vila Literária e Cultural”. Dessa maneira, os petropolitanos e os moradores dos municípios do entorno terão a oportunidade de conversar com escritores renomados e criadores de conteúdo, além de ter acesso a oficinas de escrita e leitura e apresentações diversas. Nomes da cena nacional estarão presentes, como Eduardo Bueno, Mary Del Priore, Jessé Andarilho, Eliana Alves Cruz, João Barone, Adriana Falcão, Luly Trigo, Braulio Tavares, Clara Alves, entre outros.

 

“Vamos percorrer cidades fluminenses, colocando a LER no mapa, e semeando cultura por onde passarmos”, diz Paula Taitelbaum, uma das curadoras do Circuito. Para Débora Thomé - autora de 50 Brasileiras Incríveis para conhecer antes de crescer e Mulheres e poder, cientista política e fundadora do primeiro bloco de carnaval feminista do Rio de Janeiro, Mulheres Rodadas – a chegada da LER ao interior do estado é um presente para meninas e meninos que poderão celebrar este encontro com a maravilha que são o livro e a leitura. “Foi numa sala de colégio de freiras do interior do Rio de Janeiro que li meus primeiros livros escondidos sob a carteira e escrevi meus primeiros textos. Não existia uma livraria na cidade”, conta.

 

Ainda segundo a organização, o circuito vai abraçar as 14 regiões do estado, ampliando o acesso às atividades multiculturais e investindo na formação de novos leitores, sobretudo crianças, adolescentes e jovens, além de valorizar alunos e professores fluminenses. São 14 regiões contempladas, 92 municípios envolvidos, durante 8 dias de eventos que focam em milhares de jovens e crianças do ensino médio, fundamental e básico, além de educadores e mediadores de leitura.

 

SERVIÇO:

Passaporte R$70,00

Diariamente serão divulgadas promoções para ampliar o acesso ao evento ! Acompanhar nas redes.

 

 

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem