O Dia Mundial do Diabetes é a principal campanha de conscientização global, celebrado anualmente em 14 de novembro. O Centro Universitário Arthur Sá Earp Neto e a Faculdade de Medicina de Petrópolis (UNIFASE/FMP) abraçam essa causa. Por isso, na próxima quinta-feira (11), das 9h às 17h, será realizada a Campanha Entendendo o Diabetes, no Ambulatório Escola, em Cascatinha.

 

"Estamos unidos em prol dos cuidados com a população que tem diabetes. Nesse dia, teremos pequenas estações para que os pacientes e seus familiares possam circular esclarecendo dúvidas, teremos palestras e a distribuição de brindes. Além disso, vamos oferecer uma capacitação para os profissionais e estudantes da área da saúde que estão envolvidos neste projeto. O Brasil é o quinto país no mundo com os maiores índices de diabetes.

 

O sedentarismo, as mudanças de hábito e a má alimentação corroboram para que nós tenhamos essa doença mais frequente, iniciada em idades cada vez mais precoces. Existem vários tipos de diabetes e vamos destacar e explicar cada uma dessas variações no evento, pois é de profunda importância que as pessoas entendam como a doença age no organismo, as formas de prevenção e os cuidados para que possam ter uma vida mais saudável", explica a médica endocrinologista e professora da UNIFASE/FMP, Dra. Gisele Hart Ziehe.

 

O evento é organizado pela Liga Acadêmica de Endocrinologia da Faculdade de Medicina de Petrópolis (LAEM-FMP) e pelos cursos de Nutrição, Enfermagem e Odontologia da UNIFASE. A Prefeitura Municipal de Petrópolis, através da Secretaria Municipal de Saúde, se sensibilizou com tal iniciativa, já que esta ação de prevenção vem somar ao que já é realizado pela Secretaria Municipal de Saúde.

 

"A prevenção é a melhor estratégia para prevenirmos o agravamento de doenças e, ainda mais eficaz, quando falamos de doenças crônicas, como o diabetes. Em Petrópolis, acompanhamos mais de mil pacientes com a doença. Queremos chamar a atenção das pessoas para a importância do acompanhamento médico. O governo municipal possui o Programa Hiperdia, para quem recebe o diagnóstico de diabetes", ressalta o prefeito Hingo Hammes.

 

O secretário de Saúde, Aloísio Barbosa Filho, ressalta a necessidade de orientações em saúde e relacionados à doença: "Quando não controlado, o diabetes pode levar a algumas complicações, como problemas nos nervos das pernas, nos olhos, nos rins, doenças do coração, vasos sanguíneos e problemas nos pés. Além disso, os pacientes com a doença precisam estar atentos aos tipos de insulinas e orientações corretas para o uso.

 

São cuidados fundamentais para que o paciente tenha a doença controlada, evitando complicações. Por isso, agradecemos à equipe do Ambulatório Escola pelo serviço importante dentro da rede de Saúde da cidade", frisa o secretário, lembrando a importância do acompanhamento para controle das doenças, que é feito por equipes de unidade de Saúde com Estratégia de Saúde da Família.

 

Ao longo do dia, os profissionais e os estudantes estarão à disposição do público para atendimentos e esclarecimento de dúvidas. Para participar, basta ir até o Ambulatório Escola, pois o evento é gratuito e aberto ao público, das 09 às 15h.

 

Assista ao vídeo





Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem