Dr. Ernani Abad


Responsáveis por dar um brilho especial ao nosso sorriso, os dentes também são essenciais na etapa de mastigação dos alimentos e auxiliam na articulação das palavras. Quando uma pessoa sofre algum acidente e causa lesão nos dentes, podendo quebrar ou até mesmo perdê-los no impacto, o trauma dental se torna um problema que afeta não apenas a saúde física, pois atinge diretamente a autoestima. 

 

Desde 2019, com o objetivo de resgatar a estética e a alegria das pessoas que tiveram um trauma dental, oferecendo um tratamento de excelência que permita a restauração total dos dentes, o Centro Universitário Arthur Sá Earp Neto (UNIFASE) desenvolve o Projeto Trauma Dental, no seu Ambulatório Escola, em Cascatinha. 

 

"Nos últimos anos, tivemos um aumento considerável no número de acidentes de moto e de carro, além dos casos de violência doméstica. Esses casos têm elevado bastante o número de vítimas com traumatismo dental. Por isso, é cada vez mais necessário que os dentistas estejam qualificados para atender tal demanda e saber como realizar os procedimentos adequados", explica o professor Dr. Ernani Abad, idealizador do Projeto Trauma Dental da UNIFASE. 

 

O Projeto desenvolvido pelos alunos e professores do curso de Odontologia da UNIFASE oferece atendimento a preços populares aos pacientes. Os procedimentos são realizados nos consultórios do Ambulatório Escola, que conta com ampla estrutura e equipamentos de última geração. 

 

"Nesse projeto atendemos pacientes desde o público infantil até adultos. Qualquer pessoa que sofra um traumatismo dentário, que tenha uma lesão relacionada à boca e aos elementos dentários, pode procurar o atendimento. O Projeto Trauma Dental funciona às terças-feiras, à tarde, mas temos professores da equipe ao longo da semana que realizam o primeiro atendimento e encaminham o paciente para o projeto. Nossa maior demanda é de pacientes que sofrem acidentes de bicicleta e de moto", comenta a dentista Andréia Machado, professora do curso de Odontologia da UNIFASE. 

 

O atendimento emergencial em casos de traumatismos dentários é realizado por dentistas experientes na área, que supervisionam os estudantes do curso de Odontologia da UNIFASE durante os procedimentos. Caso não seja apenas uma parte do dente que foi quebrada, mas o mesmo tenha saído por inteiro, o dentista explica que o ideal é levar o dente até o consultório o mais rápido possível. 

 

"Se o dente for encontrado após o acidente, dá para recolocar. Esse primeiro socorro é determinante para o sucesso do tratamento. O dente quando sai da boca tem uma hora para ser recolocado, isso é o ideal. Caso a pessoa consiga segurar o dente quietinho na boca e ir rápido para o atendimento é melhor ainda, porque faz com que o dente permaneça no local de origem e seja mais fácil realizar o procedimento de realocação. Caso não seja possível, o ideal é colocar o dente pelo menos dentro de um pote com leite gelado", frisa o Dr. Abad. 

 

Há mais de vinte anos, o Dr. Ernani Abad deu início ao projeto de traumatismo dental, no Rio de Janeiro, com objetivo de atender pessoas carentes que passam por um acidente e não têm condições de custear os gastos, que são altos. Apenas no Rio, o projeto já beneficiou mais de 2,5 mil pessoas. Em Petrópolis, o aumento de pacientes é gradativo.

 

"Eu trabalho na área de Trauma Dental com o professor Ernani Abad há mais 20 anos. Em 2020, foi preciso parar os atendimentos por conta da pandemia. Apenas no meio desse ano que as atividades presenciais retornaram. Atualmente, já realizamos o tratamento em cerca de 30 pacientes que seguem o acompanhamento e, neste semestre, recebemos 07 pacientes novos. O tratamento é a longo prazo, pois a pessoa recebe os primeiros atendimentos e faz o tratamento, mas a alta, dependendo do trauma sofrido, só é possível no prazo de um a cinco anos. Esse projeto traz muitos benefícios para população, pois dificilmente a pessoa consegue um atendimento correto, tanto nas unidades públicas de saúde quanto nos consultórios particulares. Infelizmente, existe uma falta de conhecimento com relação ao que fazer frente ao traumatismo dentário, principalmente nos casos mais extremos de fraturas e avulsões, que são mais difíceis de serem resolvidos pela própria falta de conhecimento do profissional. No Projeto Trauma Dental, a população conta com um local que tem os recursos necessários, além de profissionais qualificados que sabem executar com maestria todos os passos para um atendimento de excelência", destaca Dra. Andréia Machado.   

 

Antes de receberem os pacientes nos consultórios do Ambulatório Escola, os alunos participam de aulas teóricas para adquirirem embasamento sobre os procedimentos de traumatismo dental. Os acadêmicos precisam estar cursando a fase clínica para atingirem o nível de ensino exigido para atender esses casos específicos, o que ocorre a partir do sexto período. Aos interessados em cursar Odontologia, Dr. Ernani enfatiza a alegria profissional de dever cumprido ao devolver o sorriso aos pacientes. 

 

"É altamente gratificante para mim, porque devolvemos sorrisos. Quando as pessoas ficam sem os dentes, elas naturalmente deixam de sorrir. Para os alunos da faculdade essa é uma oportunidade muito interessante de aprendizado, pois todo dentista um dia no consultório vai precisar atender um caso de trauma dental. É muito importante que desde a graduação os estudantes tenham uma visão mais ampla do que abrange a profissão e as consequências de qualquer intervenção para saberem agir de acordo com o que se torna necessário a cada caso. Eu digo que é Trauma Multidisciplinar, porque envolve várias especialidades dentro da Odontologia e traz um resultado fabuloso", finaliza Dr. Ernani Abad.  

 

O Ambulatório Escola oferece atendimentos gratuitos em todas as especialidades médicas e de atenção à saúde (pediatria, cardiologia, clínica cirúrgica, clínica médica, dermatologia, endocrinologia (adulto e infantil), enfermagem, gastroenterologia (adulto e infantil), ginecologia, neurologia pediátrica, nutrição, obstetrícia, oftalmologia, ortopedia, urologia, otorrinolaringologia, alergia pediátrica, psiquiatria, uroginecologia e ambulatório pós-covid) são oferecidas através de convênio com o Sistema Único de Saúde (SUS). Os serviços oferecidos no SPA (Serviço de Psicologia Aplicada) estão disponíveis tanto para demandas públicas, através de convênio com o SUS, quanto para demandas privadas, atendidas a preços populares. Apenas as especialidades de DTM e Odontopediatria, os serviços de odontologia e radiologia odontológica são realizados a preços populares. Mais informações pelo telefone: (24) 2235-2224. 

 

Se você tem interesse em ingressar no curso de Odontologia e contribuir para saúde bucal das pessoas, além de ajudar a restabelecer vários sorrisos, a UNIFASE está com inscrições abertas para o vestibular 2022.1. Encontre-se! Outras informações estão disponíveis no site: www.unifase-rj.edu.br.  

 

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem