Super produção revive a magia no Theatro D. Pedro

O espetáculo estaque da programação do Theatro D. Pedro no Natal Imperial

Os anos 70 exercem enorme fascínio em várias gerações. Essa magia vai embalar o público nos dias 15 e 16 de dezembro, às 20h, no Theatro D. Pedro, com a super produção “78 Musical” que, finalmente, chega a Petrópolis. O texto de David Massena revisita essa época em que se vivia a euforia das discotecas com a ditadura militar como pano de fundo.
Os ingressos já estão à venda: a inteira é R$ 80, mas todos que levarem um 1kg de alimento não perecível pagarão R$ 40. Podem ser adquiridos na bilheteria do Theatro D. Pedro (tel: 2235-3833), de 14h às 20h (terça a sáb), de 14h até a hora do último espetáculo (domingos) e ainda na 16 de Março, 325, Travessa Cristal, loja 7, Centro ( tel: 2242-3794) , de segunda a sábado, das 8h às 19h.
Destaque da programação do Theatro D. Pedro no Natal Imperial, o musical traz mais de 300 figurinos de época com trilha sonora composta por canções de Bee Gees, ABBA, Michael Jackson, Elton John, Village People, Belchior, Secos & Molhados, Elis Regina e outros, com banda ao vivo.  
O texto conta a história de Sofia que, atormentada por fantasmas do passado, volta aos anos 70 para testemunhar a história de amor de seus pais: uma bailarina que frequentava uma discoteca e um hippie de Lumiar/ Nova Friburgo. Massena lembra que o “78 Musical desperta fantasmas. Abre armários e gavetas. Não há como fugir: é dançar pra não dançar. Uma época em que os embalos de sábado à noite eram uma catarse”.         
O espetáculo reúne 35 artistas em cena, entre atores/cantores, bailarinos e músicos.Tanto no Rio quanto em São Paulo e em Friburgo, o “78 Musical” contou com casa cheia e ingressos concorridos. Bernardo Dugin, dirige o espetáculo e atesta que a platéia se identifica com a trama: “o público embarca na viagem pela atmosfera, com figurinos da época, show de luzes, cenários que se reinventam e, claro, um elenco afiado que canta e dança muito. Essa é a magia do espetáculo”.
O diretor Bernardo Dugin é conhecido do público através de sua atuação na TV, como na novela “Em Família” com o personagem Lucas, participações em Malhação e em “Além do Horizonte”, na Rede Globo. Na Band e na Warner atuou como D. Pedro I no seriado “Era Uma Vez Uma História”; fez o Catinga no seriado “De Volta pra Pista” no canal Multishow e ainda o personagem Diogo na Família Rocha, na TV Aparecida. Além do “78 Musical” Dugin dirigiu “60, o Musical”, “Old & Gold, o Despertar da Primavera”, e ainda atuou como diretor assistente de Sura Berditchevsky na ópera “O Menino Maluquinho”, no Theatro Municipal do RJ. Suas incursões como ator incluem ainda o Cinema e seriados de TV.

             

Leia Também