A programação do Theatro D. Pedro para este fim de semana vai contar com espetáculos
para todos os gostos: tem teatro adulto, infantil e ainda dança. Nesta sexta-feira (23.11) tem “A Hora do Adeus”, uma história que provoca questionamentos sobre vida e morte, culpa, dor e superação. No sábado (24.11), é a vez da peça “A Missão de Alice”, da “CInArte”, formada por crianças e jovens atores portadores de necessidades intelectuais. E fechando o fim de semana, no domingo estará em cartaz o espetáculo “Mundo Colorê”, que traz a diversidade com todos os tons e gostos, através da arte de dançar e atuar. Os ingressos antecipados estão disponíveis na bilheteria do teatro.
 “Estamos chegando no fim de mais um mês movimentado no Theatro D. Pedro. Recebemos e ainda vamos receber em novembro excelentes espetáculos, shows e temos certeza de que esse importante equipamento cultural do município está ajudando a fomentar a cultura na cidade”, frisa o prefeito Bernardo Rossi. “Esta semana temos espetáculos bem variados, tanto para adultos, como para crianças ou para toda família”, completa o diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), Leonardo Randolfo.
Nesta sexta-feira (23.11), a peça “Na Hora do Adeus” começa às 20h. Na história, após um acidente fatal que transforma profundamente a vida de um jovem casal, um último encontro se estabelece, determinando novas escolhas e caminhos a serem seguidos. Com muito amor, dor e superação entendem que a vida precisa ser refeita, redirecionada, reconstruída. Os ingressoscustam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) e a classificação é de 14 anos.
No dia seguinte, sábado (24.11), “A Missão de Alice” traz, às 17h, a companhia com atores portadores de necessidades intelectuais, entre eles, Fernanda Honorato, a primeira repórter com síndrome de Down do Brasil. O objetivo do projeto é abrir oportunidade para jovens com necessidades especiais em diversas atividades sócio culturais. Os ingressos podem ser adquiridos por R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). A classificação é livre.
Domingo (25.11) será a vez do “Mundo Colorê”, de Milena Passarelli, às 18h. O tema foi elaborado com leveza e expõe um mundo diverso, cheio de cores, representado por sentimentos, artes, raça, natureza, humanidade e sabedoria. Nos permite uma pausa para reflexão, no sentido de ser diferente e, simplesmente, ser. De tudo que é belo e pode ser visto com consciência e, principalmente, respeito. Os ingressos custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia), com classificação livre. 


Leia Também