Unimed Petrópolis (DIvulgação)

Unidade é a única a garantir o selo ONA da Organização Nacional de Acreditação

No mês em que se completa 29 anos de atuação, o Hospital Unimed Petrópolis também comemora a manutenção do selo de qualidade da ONA (Organização Nacional de Acreditação) conquistado em 2016. Apenas 4% dos hospitais no Brasil têm a acreditação hospitalar e o Hospital Unimed Petrópolis faz parte deste seleto grupo de hospitais acreditados no país, comprovando assim, a sua excelência na qualidade e na segurança assistencial em saúde.
Mantendo o pioneirismo de ser o único hospital acreditado na Região Serrana, a Unimed Petrópolis buscará a ampliação do seu hospital próprio neste ano, com a abertura de novos leitos de internação e terapia intensiva e a consolidação dos processos de atendimento.
O vice-presidente da Unimed Petrópolis, César Augusto de São Thiago reforça que para conquistar e manter esta importante certificação, o Hospital Unimed Petrópolis comprovou que realiza todos os seus processos com o rigor e a segurança exigida pelas normas sanitárias e técnicas, além das boas práticas assistenciais.
“O nosso foco é na segurança do paciente. A manutenção do selo de acreditação é graças ao empenho de toda a equipe multiprofissional do hospital que se dedicam a cada dia na melhoria dos processos internos. Estamos focados na melhoria da qualidade e da segurança dos cuidados aos nossos pacientes e também com os acompanhantes. Nosso objetivo é oferecer um ambiente livre de riscos para todos aqueles que circulam no Hospital Unimed Petrópolis” disse Rafael Gomes de Castro.
A acreditação do selo ONA funciona através de auditorias e da implantação rigorosa de inúmeros processos funcionais, o que requer investimentos na adequação física da unidade hospitalar, inúmeros treinamentos com implantação de novos processos organizacionais e de segurança, envolvendo equipes de gestão e de saúde multiprofissionais.
“Este sistema de avaliação segue rígidos padrões de qualidade na assistência e na segurança do paciente. Para isso, a ONA verifica diversos requisitos, entre eles, os tipos de materiais e de equipamentos utilizados, a infraestrutura local, a qualificação dos recursos humanos e os processos adotados por um hospital”, explica o diretor técnico do Hospital Unimed Petrópolis Erick Cândido.
A acreditação não é obrigatória, e sim voluntária. Além disso, exige grande investimento financeiro e mudanças nos processos de trabalho, para garantir a melhoria da qualidade e da segurança na assistência ao paciente. Isso explica o fato de apenas 250, dos mais de seis mil hospitais brasileiros, serem acreditados.
“A manutenção desta conquista do primeiro selo de certificação nos mostra que continuamos no caminho certo. Vamos continuar desenvolvendo nossos trabalhos, em equipe, para chegarmos ao nível 3 de acreditação, pois nosso compromisso é com os pacientes que confiam no nosso trabalho e dependem da nossa dedicação para termos um sistema de saúde suplementar de excelência na Região Serrana”, ressalta o presidente da Unimed Petrópolis, Rafael Gomes de Castro.

Leia Também