Um dos principais equipamentos culturais de Petrópolis, o Theatro D.Pedro está prestes a receber as obras de restauração e reforma do prédio e seu anexo. A prefeitura lançou licitação para a contratação da empresa que ficará responsável pelo trabalho. A obra custará, no total, R$ 2,2 milhões – maioria do recurso proveniente de emendar parlamentar destinada à recuperação do Theatro. Preservando o estilo art déco e com elementos que o fizeram uma referência cultural e artística para o país, o teatro não passava por grande reforma desde 2003.
No projeto está previsto a revitalização de sua infraestrutura, como a revisão das instalações elétricas, recuperação do sistema de ar condicionado, adequação para acessibilidade, conserto de infiltrações, entre outras melhorias. Além disso, a obra contempla a implantação do sistema de prevenção e combate a incêndio e pânico.
A licitação que vai definir a empresa responsável pela obra acontece no dia 12 de junho, às 14h, no Centro Administrativo da prefeitura. A expectativa é de que, definida a empresa, as obras comecem nos próximos meses. O edital estará disponível no site da prefeitura a partir desta segunda-feira (27.05).
“A relação de Petrópolis com a cultura é muito forte. E o Theatro D. Pedro é um dos nossos principais espaços para fomentar essa cultura. Onde grandes e principais eventos culturais acontecem, além de ser um patrimônio histórico incrível. Por isso essa reforma é tão importante”, destaca o diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), Marcelo Florencio.
Inaugurado em 2 de janeiro de 1933pela família D'Ângelo, atualmente, o teatro conta com 500 lugares divididos em platéia, balcão e camarotes.Oteatro foi construído unindo estilos arquitetônicos e decorativos de art-nouveau e art-decó. A decoração interna reúne estilos geométrico, mitológico e futurista, como flores com corolas viradas para baixo. O espaço passou por pequenas intervenções também entre os anos de 2009 e 2011.
“Uma cidade como Petrópolis não pode prescindir de um teatro como o nosso Theatro D Pedro, ondenomes como Tônia Carrero, Paulo Autran e Paulo Gracindo já se apresentaram. A reforma e o restauro são de suma importância para mantermos viva a história e o prédio, que como qualquer prédio necessita de manutenção e restauro. Além disso, é uma referência cultural e artística para Petrópolis e para o Brasil, sendo muito importante para o segmento de cultura local e também para toda a população.Essa iniciativa do prefeito só demonstra seu comprometimento com a cidade, com a cultura, com a história, e com a população desta Cidade Imperial”, destaca a gerente do teatro, Débora Lattouf.

Leia Também