Livre adaptação do clássico O Corcunda de Notre-Dame, de Victor Hugo

Começa nesse sábado o projeto KOMBOIO CULTURAL tem como proposta fazer circular atividades artísticas por espaços públicos, tendo um automóvel kombi como base para a criação de palco e cenário para a realização das apresentações artísticas. Uma iniciativa conjunta dos grupos Teatro Circence Andança e Grupo PalhastÔnicos.
O Espetáculo “Um Réquiem para Esmeralda” será apresentado nesse Sábado dia 30/11 às 15:00 no CEU da Posse (Centro de Artes e Esportes Unificado); Domingo dia 01/12 às 11:00 na comunidade Vale do Carangola; Segunda dia 02/12 às 10:30 no CIEP de Corrêas – Cecília Meireles; Quarta dia 04/12 às 10:30 no CIEP de Itaipava – Candido Portinari. O Projeto foi financiado pelo Fundo Municipal de Cultura e todas as apresentações são gratuitas. O patrocínio é da Prefeitura de Petrópolis, do Instituto Municipal de Cultura e Esportes, e do Conselho Municipal de Cultura.
A história é centrada na tragédia do corcunda Quasímodo e da cigana Esmeralda. Na grande catedral e no labirinto das construções da cidade se desenrola a incrível história de amores impossíveis.
Uma história que reúne, magistralmente religiosos e vagabundos, ciganos e nobres, padres e leigos, heróis e vilões, despertando as mais variadas emoções: do profano ao sagrado, do grotesco ao sublime, revelando relações e conflitos de contextos sociais onde as instituições, os modos, os tabús, as tradições tornam-se um impedimento de seus personagens viverem plenamente seus sonhos, interferindo em suas vidas e seus destinos.
Proposta de Encenação
A proposta mergulha a encenação em nossa brasilidade, a partir de nossa cultura popular com seus folguedos e outras tradições, trazendo outros coloridos à trama, através de sons, de tons, de ritmos, das danças e da maneira de desenvolver a narrativa, que toma a literatura de cordel como inspiração.
Através do lúdico, da graça, da figura do palhaço, busca uma certa leveza em contraponto à densidade da história, fazendo com que o espetáculo seja uma certa mistura de gêneros.
Usa dos recursos do circo, do teatro, da música, da dança e da literatura, buscando, nesta mistura de linguagens, uma maior empatia e uma consequente melhor fruição da obra.
A música, executada ao vivo com cantos, tambores, cordas e sopros, dão o clima do espetáculo e sugestionam o seu ritmo.
Tem como premissa para sua concepção estética, a utilização de um automóvel kombi como palco/cenário, criando assim uma atmosfera que melhor acolha o desenrolar da narrativa.
Ficha Técnica
Direção - Madson José
Livre Adaptação - Madson José e Andressa Hazboun
Direção musical – Dalus
Direção de Arte – Raquel Théo
Preparação Corporal – Renata Alves
Treinamento Técnicas Circenses - Léo Gaviole
Elenco – Andressa Hazboun, Dalus, Léo Gaviole, Luisa Alves, Madson José, Renata Alves e Rose Assis
Realização - Teatro Circense Andança e Trio Palhastônicos

Serviço:
Sábado dia 30/11 às 15:00 no CEU da Posse (Centro de Artes e Esportes Unificado);
Domingo dia 01/12 às 11:00 na comunidade Vale do Carangola;
Segunda dia 02/12 às 10:30 no CIEP de Corrêas – Cecília Meireles;
Quarta dia 04/12 às 10:30 no CIEP de Itaipava – Candido Portinari.
Informações: (24)992865337


Leia Também