Prof. Alexandre Midão orientando Dra. Mayara Toledo na técnica de intubação orotraqueal 


Empenhada em auxiliar Petrópolis na luta contra a disseminação do Coronavírus, a Faculdade de Medicina de Petrópolis/Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) realizou um treinamento para intubação orotraqueal, nas últimas duas semanas, com o objetivo de capacitar os profissionais da área da saúde que atuam no pronto atendimento do Hospital Unimed Petrópolis, em casos suspeitos ou confirmados de Covid-19.

"Nesse momento, é ainda mais importante fortalecer esta parceria com troca de conhecimentos, o que aproxima ainda mais os profissionais dos serviços de assistência médica da instituição de ensino. O treinamento realizado foi totalmente customizado de acordo com os protocolos desenvolvidos pela Unimed, de tal forma que os médicos treinaram exatamente o que realizarão em suas atividades assistenciais. Este acompanhamento pelo instrutor permitiu a correção de todas as fases do procedimento a partir do uso de checklist”, explica Cláudia Vasconcellos, médica e professora responsável pelos laboratórios e pelo Centro de Simulação Realística da FMP/Fase e pelo treinamento. 

O treinamento teve início após uma solicitação da diretoria da UnimedPetrópolis e foi realizado, entre os dias 30 de abril e 08 de maio, no Centro de Simulação Realística da FMP/Fase. Ao todo, 25 médicos da cooperativa participaram das atividades propostas. 

"Enxergamos a FMP/Fase como uma instituição de extrema importância na formação de profissionais da área da saúde na Região Serrana. Fortalecer esse vínculo de parceria, através de treinamentos para os nossos profissionais, é essencial para um atendimento de qualidade. Também reforçarmos a capacitação desses profissionais que muitas vezes atuam como preceptores dos alunos da FMP/Fase. Então, é uma via de mão dupla. Acredito que seja cada vez mais interessante para ambas as partes a realização de treinamentos em prol do fortalecimento da assistência médica no município", destaca Alexandre Bretas, coordenador do Pronto Atendimento do Hospital Unimed Petrópolis. 

A capacitação ocorreu de forma prática e individual, com o objetivo de fortalecer o conhecimento dos profissionais que estão na linha de frente no combate à pandemia. Cada um teve 40 minutos de treinamento, com supervisão e orientação na realização da intubação orotraqueal. 

"O treinamento nada mais é do que o aperfeiçoamento da prática. Muitas vezes sabemos a teoria completa e na prática não conseguimos executar 100% da forma correta. Neste momento de pandemia, há também uma mudança na técnica de intubação para a segurança da equipe e do paciente, o que foi reforçado durante o treinamento", ressalta Alexandre Midão, médico supervisor do treinamento e professor da FMP/Fase. 

A proposta do treinamento garante mais segurança e tranquilidade aos profissionais da área da saúde, que neste momento estão sob pressão na unidade hospitalar, com a alta demanda de atendimentos e com a chegada de novos casos suspeitos e também confirmados de infecção pelo novo Coronavírus.  

"Me sinto mais preparada para atender os meus pacientes. Estar no papel de 'aluna', sendo supervisionada, faz com que a gente perceba em quais momentos precisamos melhorar para aprimorar a técnica e garantir o melhor atendimento. Acredito que esta parceria seja fundamental e que outros tipos de treinamentos serão necessários para o reforço da prática clínica", comenta Mayara Toledo, professora da FMP/Fase e médica da Unimed Petrópolis. 

Leia também:





Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis