Luciana Magalhães


Ninguém poderia imaginar que 2020 entraria para a história como um ano tão delicado para a humanidade, marcado pela pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), que alterou completamente a rotina mundial. Tivemos que nos adaptar às mudanças, desde a maneira de nos cumprimentarmos, em prol da prevenção, até ao novo formato imposto nas relações no mercado de trabalho.

 

Agora, em 2021, seguiremos nesse ritmo de mudanças, à espera da eficácia da vacina para que possamos voltar à normalidade. Uma coisa é certa, a vida não para! As ações presentes serão responsáveis por inúmeros resultados positivos ao longo da vida e, consequentemente, da trajetória profissional. Diante de tantas mudanças, muitos profissionais se sentem perdidos e não sabem o que fazer para se manterem ativos no mercado de trabalho.

 

“A pandemia afetou diretamente o processo de trabalho, mas isso não significa que as mudanças tenham sido negativas. Inúmeras oportunidades surgem em meio à crise, principalmente nas áreas da tecnologia, saúde, gestão e finanças. Várias empresas passaram por momentos delicados através de uma repaginação, abrindo novos caminhos. Houve também um grande avanço no ensino a distância e nos cursos disponibilizados na internet, para que os profissionais possam aperfeiçoar suas habilidades. É um período novo para todos, mas quem se preocupa em estar antenado, com certeza, terá vantagens no mercado de trabalho”, explica a gerente de Recursos Humanos da UNIFASE, Luciana Magalhães.

 

A área da saúde se destacou durante a pandemia. Algumas mudanças foram necessárias, como adotar ainda mais as ferramentas tecnológicas na rotina dos profissionais. Hoje, é possível ser atendido por médicos, enfermeiros, nutricionistas e psicólogos através de uma teleconsulta, realidade que não era cogitada no Brasil até então, por conta da burocracia.

 

“Com certeza a área da saúde, que sempre foi muito importante, ganhou protagonismo ainda maior durante a pandemia. Novas tecnologias foram introduzidas e, sim, essa tendência veio para ficar. Muitos processos, que giram em torno do atendimento em si, estão se tornando mais ágeis, com melhores controles, graças à tecnologia”, destaca.

 

Misturando gestão e saúde, as áreas que estarão em evidência nos próximos anos são administração, com ênfase em gestão hospitalar e gestão pública, além dos cursos tecnológicos de Gestão Ambiental e Gestão de Recursos Humanos.

 

“Sem dúvida, num mundo tão dinâmico e global, é preciso estar atento e buscar a formação desejada, que irá proporcionar conhecimentos adequados para atuação em um novo cenário daqui a cinco anos. Se você já é formado em alguma área da saúde ou pensa em ingressar no ensino superior para estudar algo relacionado, saiba que essas são carreiras em alta para 2021, com demandas previstas no pós-pandemia”, destaca Luciana Magalhães.

 

A rapidez com que o mundo muda não impede que algumas projeções certeiras sobre o que vem por aí no campo profissional sejam feitas. Afinal, quais são os profissionais que ganharão destaque no futuro pós-pandemia? O que fazer para trilhar uma carreira de sucesso? 


“As tendências no mercado de trabalho pós-pandemia se darão através da transformação digital, flexibilização com novas modalidades de trabalho, profissionais buscando cada vez mais conhecimento e desenvolvimento, gestores mais qualificados. Neste contexto, eu destacaria algumas habilidades essenciais para o profissional do futuro, como autonomia, gestão do tempo, adaptabilidade, conhecimento da tecnologia, comunicação clara e eficiente, inteligência emocional e responsabilidade na tomada de decisão”, finaliza a gerente de Recursos Humanos. (Edição: 11/01/21)

 

Leia também:


UNIFASE Petrópolis amplia Campanha 50+ para Pós-graduação


O impacto das mutações do Coronavírus nas perspectivas sociais

 




 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis