Imagem Reprodução Internet
 


Serviço será realizado na rede privada

 

O município está garantindo mais de cinco mil vagas de tomografia para a rede ambulatorial na rede privada para reduzir a fila de espera no SUS. Só no mês de fevereiro serão abertas 2.868 vagas no Hospital Clínico de Corrêas (HCC) e 3.052 no Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA). A Secretaria de Saúde abriu, ainda, contratação emergencial para exames de ressonância também na rede privada.

 

“Estamos empenhados em garantir a retomada dos serviços, assegurando à população toda a assistência necessária”, declarou o secretário de Saúde, Aloisio Barbosa da Silva Filho, lembrando que já na primeira semana do governo interino identificou problemas na manutenção dos equipamentos de ressonância e tomografia do Hospital Alcides Carneiro.

 

“Verificamos que os equipamentos estavam quebrados desde novembro e que os contratos de manutenção preventiva foram suspensos em 2019”, esclareceu, Aloisio Barbosa.

 

Segundo Aloisio, uma das primeiras ações da secretaria, em janeiro, foi destinar verba emergencial para a compra das peças necessárias para o reparo e a contratação dos técnicos para o trabalho.

 

“O HCC voltou a oferecer o serviço de tomografia e o HNSA conseguiu o credenciamento pelo Sistema Único de Saúde. Com isso, vamos conseguir atender a demanda”, garantiu o secretário.

 

Sobre a ressonância, o município está buscando empresas privadas para fazer a contratação emergencial do serviço.

 

“Diante da verificação de que seria necessário mais tempo para o conserto, a Secretaria de Saúde abriu contratação emergencial e aguarda apenas a manifestação das unidades hospitalares”, ressaltou.

 

 “Nosso foco agora será agilizar o reparo dos equipamentos do HAC para que possamos voltar a oferecer o serviço no hospital”, finalizou Aloisio Barbosa.  Fonte:  PMP

 

(Edição: 03/02/2021)

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis