Secretaria de Saúde reforça importância de intervalo entre vacinas e apresentação

 de cartão de vacinação

 

Seguindo o calendário de vacinação do Ministério da Saúde, a Secretaria de Saúde inicia nesta terça-feira (11/05) a segunda fase da imunização contra a influenza - vírus da gripe. Nesta etapa, a vacinação terá como público-alvo idosos e professores. Com a campanha de imunização contra a covid-19 também em andamento para a população com mais de 60 anos, a Secretaria de Saúde destaca a importância do intervalo de 15 dias entre as vacinas, assim como a importância da apresentação do cartão de vacinação no momento da imunização, que acontece em 39 postos de vacinação da cidade. Dados da Secretaria de Estado de Saúde apontam que, em Petrópolis, 127.117 pessoas devem ser vacinadas contra a gripe. Na primeira fase foram vacinadas 6.423 pessoas em Petrópolis, entre trabalhadores da Saúde, gestantes, puérperas e crianças na faixa etária entre seis meses e seis anos incompletos.

 

“É fundamental que as pessoas estejam atentas neste momento em que temos duas campanhas de vacinação importantes em andamento. Por conta da vacinação contra a covid-19, o cronograma do Ministério para vacinação da gripe foi alterado. A campanha começou por profissionais de Saúde, gestantes, puérperas e crianças com idade entre 6 meses e 6 anos incompletos. Nesta segunda etapa teremos professores e idosos. É fundamental que eles respeitem o intervalo entre as vacinas e não esqueçam de levar o cartão de vacinação quando se apresentarem nos postos”, destaca o secretário de Saúde Aloisio Barbosa da Silva Filho.

 

O calendário do Ministério da Saúde prevê que a terceira fase da vacinação contra a influenza terá início em 9 de junho, com a vacinação de pessoas com comorbidades e deficiência permanente; caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo; forças de segurança e Salvamento, armadas; população privada de liberdade, adolescente e jovens, com idade entre 12 e 21 anos, em medidas socioeducativas. 

 

A Secretaria de Saúde destaca que - diferente da vacinação contra a covid-19 - para a vacinação contra a influenza não é necessário preenchimento de cadastro, basta ase dirigir a um dos pontos de vacinação.

 

A vacinação contra a influenza está  sendo realizada nos seguintes posto:  no Centro de Saúde (Centro); PSF Caxambú, PSF 24 de Maio, PSF Alto da Serra, PSF Meio da Serra, UBS Morin, PSF Sargento Boening, PSF Vila Felipe, PSF Alto da Serra, PSF Dr. Thouzet, UBS Alto Independência, UBS Quitandinha, PSF Santa Trindade, PSF Bairro Castrioto, UBS Mosela, PSF Moinho Preto, PSF Bataillard, PSF Pedras Brancas, Ambulatório Escola, UBS Itamarati, Ambulatório Hospital Alcides Carneiro, UBS Retiro, PSF Castelo São Manoel, PSF Jardim Salvador, PSF Carangola, PSF Vale do Carangola, PSF Fazenda Inglesa, UBS Araras, PSF Vale das Videiras, PSF Bonfim, PSF Águas Lindas, UBS Itaipava, PSF 1º de Maio, PSF Boa Esperança, UBS Pedro do Rio, PSF Vila Rica, PSF Secretário,  PSF Posse e PSF Brejal.

 

A vacinação acontece das 9h às 16h nas Unidade Básicas de Saúde (UBSs). Nos 27 PSF’s equipes aplicam as vacinas das 9h às 12h e das13h às 16h. Os PSF’s do Brejal e do Vale das Videiras têm horário diferenciado, com vacinação encerrada às 15h. 

 

A Secretaria de Saúde lembra que a organização da campanha este ano é diferenciada, tendo em vista que a campanha de imunização contra a gripe acontece em paralelo com a vacinação contra a covid-19. A Secretaria de Saúde destaca mais uma vez que é necessário um intervalo de 15 dias entre a aplicação das vacinas contra a influenza e a covid-19.

 

Quem pode se vacinar contra a influenza:

 

1ª fase: Profissionais de Saúde, gestantes, puérperas e crianças com idade entre 6 meses e 6 anos incompletos – a partir de 19/04

 

2ª fase: Idosos com mais de 60 anos e professores – a partir de 11/05.

 

3ª fase: de pessoas com comorbidades e deficiência permanente; caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo; forças de segurança e Salvamento, armadas; população privada de liberdade, adolescente e jovens, com idade entre 12 e 21 anos, em medidas socioeducativas – a partir de 09/06

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem