O mundo pós-pandemia, sabe-se bem, não será o mesmo tal qual conhecemos até o início do ano de 2020, pois muitas mudanças ocorreram neste período de pandemia. Crianças e jovens com seus processos de educação descontinuados; adultos desempregados ou trabalhando em estado de exaustão; idosos afastados do convívio com seus familiares e amigos; atividades laborais reconfiguradas com a apropriação das tecnologias digitais; aumento da violência doméstica contra mulheres e crianças; escalada vertiginosa de pessoas padecendo com transtornos mentais comuns, sobretudo ansiedade e depressão; incremento no abuso de substâncias psicoativas; lutos não vivenciados e os milhares de órfãos do COVID-19 são, sem sombra de dúvida, fatos que demandam atenção e intervenção especializada e urgente. 

 

"A Organização Mundial de Saúde (OMS) já começa a sinalizar para a possibilidade e a necessidade de que nos preparemos para uma outra pandemia, essa de saúde mental. Assim, parece lícito e legítimo supor que, dentre as muitas áreas de atenção especializada a fazer face a todas essas questões, desponte a Psicologia, que tem como centro de sua atuação profissional promover e restabelecer a saúde mental de indivíduos, grupos e coletividades seja na educação, no trabalho, no desenvolvimento de políticas públicas ou mesmo na pesquisa. Talvez não seja muito supor que será uma das profissões mais requisitadas nesses tempos que virão", frisa Rovena Paranhos, coordenadora do curso de Psicologia da UNIFASE

 

A Psicologia é uma profissão que tende a despertar interesse e curiosidade. Quem opta pela formação na área explica que é um processo de estudos não raro enriquecedor, de vez que não só incita a um olhar mais cuidadoso e atento acerca do outro, mas sobretudo exige um equilíbrio e reequilíbrio constante de si.  

 

"A Psicologia foi uma descoberta muito interessante para mim. No início, eu queria cursar Medicina, mas fiz uma jornada de introspecção e pesquisa, durante uns 6 meses, e me encontrei na Psicologia. Me vejo atuando como profissional da área, sendo realizado ao poder ajudar a maior quantidade de pessoas possível. Pretendo atuar na área escolar e com a juventude, pois tenho o desejo de ser agente de transformação de alguns conceitos na sociedade", destaca Alfredo Fiat, aluno do 3° período do curso de Psicologia da UNIFASE. 

 

Consciente dos rápidos avanços científicos e tecnológicos e também da necessidade de integração cada vez mais efetiva e eficiente das diversas áreas do conhecimento, além da crescente demanda do mercado de trabalho por profissionais qualificados e atualizados, o Centro Universitário Arthur Sá Earp Neto (UNIFASE) investe na formação de excelência dos seus alunos. 


"Eu faço parte da primeira turma do curso de Psicologia da UNIFASE. Desde o início dos meus estudos, acompanho o crescimento e a evolução dos atendimentos oferecidos pelos professores e acadêmicos. Neste período, estou tendo a oportunidade de conciliar a parte teórica e a prática no Estágio Profissional em Processos Clínicos. Essa experiência está sendo incrível. Agora, contamos com o Serviço de Psicologia Aplicada (SPA), que oferece ampla estrutura para os atendimentos e proporciona o melhor tanto para nós alunos, que estamos no processo de formação, quanto para os pacientes que estão em busca de atendimento no Ambulatório Escola, sobretudo neste momento de pandemia, em que percebemos aumento expressivo na procura por tratamento psicológico", explica Juliana Duarte, aluna do 10º período do curso de Psicologia da UNIFASE.



As áreas de atuação da Psicologia são plurais e diversificadas pela própria natureza da profissão. Clínica, trabalho, gestão, educação, saúde, esporte, trânsito, jurídica já são áreas bem conhecidas. Assim, uma formação em Psicologia que efetivamente prepare o futuro profissional para a atuação em tão diferentes cenários e que permita o desenvolvimento de competências múltiplas e necessárias a essa atuação pressupõe a presença de alguns relevantes diferenciais. 


"Na UNIFASE promovemos o desenvolvimento de conhecimentos especializados em processos psicológicos básicos, neuropsicologia, desenvolvimento humano e social, personalidade, psicopatologia, avaliação psicológica e teorias e técnicas psicoterapêuticas. Além disso, preparamos o egresso para a atuação profissional nas áreas de avaliação psicológica, clínica, gestão, educação, prevenção e promoção de saúde, para a pesquisa e o ensino de Psicologia; e oferecemos aprendizado em cenários reais da prática profissional. Assim organizada, essa formação, por certo, prepara profissionais aptos a ingressarem em um mercado de trabalho não só muito demandante de psicólogos(as), sobretudo em razão das muitas e difíceis situações impostas pela pandemia de COVID-19, mas que exige, também por isso, uma qualificação diferenciada e plural", explica Paranhos. 





Inscrições para o Vestibular

Se você se interessa pela profissão e pretende ingressar no ensino superior agora, neste segundo semestre de 2021, fique atento! O Centro Universitário Arthur Sá Earp Neto (UNIFASE) está com inscrições abertas para o Vestibular. Você pode optar pela prova presencial (08 de agosto) ou pela prova on-line, no dia de sua preferência. Também é possível utilizar a nota do ENEM dos últimos três anos. Os interessados nesta graduação, com 50 anos de idade ou mais, podem aproveitar as condições especiais e pagar apenas metade do valor no curso. Outras informações podem ser obtidas no site: www.unifase-rj.edu.br ou pelo WhatsApp: (24) 9 8865-0693.

 

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem