Foto: ilustrativa 



Entre os dias 17 e 21 de novembro, Petrópolis vai celebrar o dia da Consciência Negra. O município está organizando uma programação diversificada com o objetivo de valorizar e preservar a memória das tradições africanas e afro-brasileira. A iniciativa é do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (COMPIR) em parceria com a Coordenadoria da Promoção da Igualdade Racial (COPIR), Conselho Municipal de Cultura (CMC), além do apoio do Instituto Municipal de Cultura (IMC) e da Turispetro.

 

"Essa celebração ajuda a preservar a história não apenas de Petrópolis, mas de todo o país. Esse trabalho em conjunto vai permitir que a gente faça um evento com uma programação muito diversificada e democrática, contemplando diversos segmentos culturais", disse o prefeito Hingo Hammes.

 

Estão previstas palestras e oficinas no Centro de Cultura Raul de Leoni, um festival gastronômico – assim como já ocorreu na Baunerfest, Bunka-sai e Serra Serata – além  de outras atividades na Praça da Liberdade. "Toda tradição e valor cultural estão sendo atendidos na organização da festa, contemplando as mais diversas formas de artes", ressaltou o presidente do IMC, Charles Rossi, lembrando que as reuniões para a organização da festa começaram em agosto.

 

Para o secretário da Turispetro, Samir El Ghaoui, os festivais gastronômicos temáticos ligados às diferentes culturas têm ajudado muito a movimentar toda a cadeia produtiva do setor nessa retomada, além de enriquecer os respectivos eventos. "Com a festa da consciência negra não será diferente. Ainda não temos o formato definido, mas a Turispetro certamente vai dar a sua contribuição. Os festivais gastronômicos chegaram para ficar", disse.

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem