Dr. Diler Pereira da Silva ginecologista da Unimed Petrópolis 



Nesta sexta-feira (05) é comemorado o Dia da Mamografia, um importante exame que é capaz de identificar lesões e nódulos nas mamas da mulher. Através deste exame é possível se diagnosticar precocemente o câncer na região, aumentando assim, as chances de cura. Por conta disso, o ginecologista da Unimed Petrópolis, Diler Pereira da Silva, alerta para a importância da realização do exame.

 

“A mulher precisa manter os exames de rastreio em dia. A mamografia é indispensável, porque pode diagnosticar problemas de forma rápida, podendo ser acionado um tratamento mais indolor e com melhor resultado para a paciente. Através do exame é possível rastrear e diagnosticar as lesões pequenas e iniciais, o que vai favorecer o tratamento mais eficaz”, explica o ginecologista.

 

O Ministério da Saúde recomenda a mamografia para mulheres a partir de 50 anos de idade a cada 2 anos. No entanto, a Sociedade Brasileira de Mastologia considera outra faixa etária como ideal para a realização do exame de rastreio das mamas, que é a partir de 40 anos. A periodicidade também muda, sendo recomendado um exame a cada ano. Apesar disso, mulheres com idade inferior e que possuem histórico familiar da doença também devem manter o acompanhamento com um profissional.

 

“Esses casos devem ser analisados individualmente. Mesmo antes dos 40 ou 50 anos de idade, a mulher precisa ir ao ginecologista, que vai indicar a necessidade ou não de fazer a mamografia”, alerta Diler Pereira da Silva.

 

Dados

Atualmente, a UnimedPetrópolis conta com 4.113 clientes mulheres na faixa etária recomendada pelo Ministério da Saúde – 50 a 69 anos. Desse número, 3.007 fizeram mamografia no ano de 2020, o que representa 73% do total.

 

No mês de janeiro deste ano, 36 mamografias foram realizadas pela LUMIC Central Integrada de Imagens, que é uma das conveniadas da Unimed Petrópolis. O espaço oferece equipamentos com tecnologia de ponta e que contém alta qualidade de imagem, permitindo um melhor estudo das mamas.

 

Câncer de Mama

Na última terça-feira (02), a Organização Mundial de Saúde informou que o câncer de mama é hoje a forma mais comum da doença. No Brasil, é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres, ficando atrás apenas dos tumores de pele não melanoma, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA). A realização periódica da mamografia é uma das melhores formas de prevenção da doença.

 

Leia mais matérias da UnimedPetrópolis

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis